RESENHA | O MISTERIOSO CASO DE STYLES – AGATHA CHRISTIE

  • Autor:Agatha Christie
  • Ano de Lançamento:2014
  • Número de Páginas:288
  • ISBN:9788525057037
  • Gênero:Romance policial / Suspense e Mistério
  • Editora:Globo Livros
  • Classificação:
    ★★★★★
  • Compre Aqui: Amazon
  • Sinopse:Quando mr. Hastings encontra seu velho conhecido John Cavendish casualmente e aceita seu convite para passar uma temporada na enorme e isolada casa de campo de Styles, não imagina a misteriosa trama que o espera. Mrs. Emily Inglethorp, madrasta de John e Laurence Cavendish, herdou a propriedade de seu marido e tem todo o controle sobre patrimônio da família. Seu segundo marido é Alfred Inglethorp, vinte anos mais novo, cujo passado é nebuloso, o que causa enorme apreensão nos filhos de mrs. Emily e nos demais moradores de Styles. A tensão na propriedade chega ao limite quando mrs. Emily é encontrada trancada em seu quarto nos últimos estertores e morre com o nome de seu marido nos lábios.

    Morte natural ou envenenamento? Quem além de seu marido teria interesse em sua morte? Como ela pode ter sido envenenada? Para responder a todas essas perguntas, mr. Hastings, velho amigo de Hercule Poirot, pede autorização à família para chamar o excêntrico detetive belga. O astuto e simpático detetive analisa as evidências, entrevista testemunhas e o leitor vai seguindo seus passos a partir da envolvente narração de mr. Hastings. E a ele fica o desafio: diante de provas desconexas, testemunhos duvidosos e inúmeras reviravoltas, como o sagaz Poirot irá desvendar esta imbricada trama onde ninguém é exatamente o que parece?

    Neste que é o primeiro romance escrito por Agatha Christie, já estão presentes as marcas que a tornarão a maior escritora de suspense de todos os tempos: o mais famoso detetive, as personagens extremamente bem caracterizadas, a trama em que todos são suspeitos e o final estarrecedor, com todas as personagens reunidas – final que foi alterado pelo primeiro editor e aparece restaurado nessa versão.

A trama está envolvida pela morte de uma senhora rica, possivelmente envenenada. Na propriedade os presentes eram: seus dois enteados do primeiro casamento, seu novo marido 20 anos mais jovem, sua Nora, uma mocinha em que a falecida acolheu, os criados e nosso caro Hastings, narrador e amigo do detetive belga Hercule Poirot, que é chamado por ele para investigar o possível assassinato.

Quem será o culpado? Vou parar por aqui pois não gosto de dar muitos detalhes sobre os livros da Agatha, quando pego um para ler nem sinopse eu gosto de saber, devido a isso faço esse post em forma de impressões, totalmente sem spoilers.

Esse foi o primeiro livro publicado pela minha rainha do crime Agatha, e digo que não deixou nada a desejar, pelo contrario, mostrou que tem talento. E que talento!

A todo momento ela vai jogando pistas na sua frente que vão causando tanta suspeita de quem é o assassino que sua cabeça só consegue dar nós encima de nós! E é isso que eu amo nos livros dela, essa genialidade e o fato dela nos fazer de trouxas ?

O que mais me chamou a atenção nesse livro é que TODOS são suspeitos! Não consegui em momento algum implicar com uma personagem e dizer: é esse o assassino! Muito pelo contrário, eu via pistas atrás de pistas mas nada concreto, nada que me fizesse ter certeza do meu suspeito.

A trama toda é instigante, sem falar nos sarcasmos e ironias de Poirot, que é genial e sempre me tira risos ? Um detalhe importante são os detalhes (risos). Se apegue a eles e preste bem atenção porque eu tenho certeza que no final você ainda vai pensar: nossa, como eu deixei isso passar!

Finalizando essa postagem eu me dei conta de que essa é a primeira resenha postada por aqui da minha autora preferida! Como assim? rs. Contudo, é a primeira resenha do primeiro livro publicado por ela, nada mais justo né não? <3

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Este post tem um comentário

  1. Avatar
    Lary Zorzenone

    Olá
    Li esse livro mês passado. Comecei um projeto pra ler um livro da autora por mês e esse foi o segundo que li dela (já tinha lido um alguns anos atrás). A escrita dela é muito envolvente. Também não leio nem sinopse antes de iniciar uma leitura. Prefiro que tudo seja uma grande surpresa.

    Vidas em Preto e Branco

Deixe uma resposta

17 + 18 =